Email:   Pass: 
 
Imoveis e casas
  Inicío  »   Vilar
 
 Freguesias  
AlguberCadavalCercalFigueirosLamasPainhoPeralPêro MonizVermelhaVilar
 Lojas / Serviços  
Vilar Vilar
(1)
Agro-Alimentar
(0)
Automóvel e Motos
(0)
Beleza
(6)
Comércio
(0)
Cultura e Lazer
(0)
Desporto
(0)
Ensino e Educação
(1)
Hotelaria e Restauração
(6)
Imobiliário e Construção
(0)
Indústria
(1)
Inst. e Org. Públicos
(0)
Lar, Decoração e Manutenção
(0)
Saúde
(6)
Serviços
(0)
Tec. Informação e Comunicação
(0)
Turismo
Brasão
Vilar

População:  1688 habitantes
Área:  16,85 km²
Densidade populacional:  100,2 hab/km²
Actividades económicas:
Padroeiro:  Nossa Senhora do Ó.
Festas e Romarias:
Feiras:
Património cultural e edificado:
Colectividades: Associação Social e Cultural da Tojeira; Associação Desportiva Recreativa e de Melhoramento do Avenal; Associação de Melhoramentos, Cultural e Desportiva de Vila Nova da Serra; Associação Musical Vilarense; Associação Mutualista da Freguesia de Vilar; Associação Recreativa, Cultural, Desportiva e de Melhoramentos do Pereiro; Caritas Paroquial de Vilar; Corpo Nacional de Escutas; Grupo Desportivo Vilarense; Movimento Pró-Informação para a Cidadania e Ambiente; Rancho Folclórico de Vilar; União dos Amigos de Palhais.
Gastronomia:

O topónimo “Vilar” deriva do latim “villaris” ou “villare” que é um diminutivo de “villa” que significava, no latim clássico, uma casa de campo ou vivenda de um senhor, incluindo as habitações dos trabalhadores, os estábulos e celeiros e respectivos terrenos agrícolas envolventes; correspondendo, aproximadamente, a uma quinta actual de grande extensão.

Até à Idade Média, as parcelas das Villas cultivadas por rendeiros tinham várias designações entre as quais a de villares. Vilar era, portanto, a parcela de uma villa com as suas terras de amanho e as casas dos cultivadores. Tal deverá ter sido a origem do nome desta freguesia.

O território da freguesia de Vilar, na alta Idade Média nacional, era, administrativamente, um domínio do Castelo de Óbidos.

A primeira referência histórica, conhecida, à freguesia de Vilar, encontra--se na carta de doação da vila de Cadaval, passada pelo rei D. Fernando, no dia primeiro de Dezembro de 1371, a D. Afonso Telo de Meneses, conde de Barcelos. Descrevendo o termo da vila que doava, diz: “…e outrossim lhe damos e outorgamos por termo, o território e aldeia de Vilar com todas as outras aldeias, casais, quintas e herdades e com todos os outros lugares que são da freguesia de Santa Maria, do dito lugar de Vilar.”

Uma outra fonte para a história da freguesia de Vilar, é a resposta do Padre António José Palhano ao Inquérito do Marquês de Pombal, datada de 18 de Maio de 1758. Neste documento pode ler-se o seguinte: “ (…) Tem este lugar e freguesia 93 fogos e 317 pessoas da idade de 7 anos para cima (…) O orago desta igreja é Nossa Senhora da Expectação que está no altar mor e nos dois laterais está na parte da esquerda o Santíssimo e da direita Nossa Senhora do Carril. (…) É pároco, cura da apresentação do Prior do Vale Benfeito, religioso de São Jerónimo e dos beneficiados da igreja de Santiago da vila de Óbidos. Tem de côngrua o dito cura um moio de trigo, meio moio de cevada, um tonel de vinho de duas pipas, que se lhe satisfaz das dízimas pertencentes à dita igreja Prioral; tocam mais ao dito cura as suas benesses e pé de altar. (…) No terramoto de 1755, padeceu este lugar e os demais da freguesia alguma ruína que se tem reparado; excepto a que teve esta igreja que se acha no mesmo estado(…)”.

Em 1866, o abade de Miragaia diz desta freguesia o seguinte: “ Compreende grande parte da serra de Montejunto (…). Como todas as deste concelho e dos concelhos limítrofes sofreu muito por ocasião da Guerra Peninsular, nomeadamente desde que o general Massena acampou com os seus oitenta mil homens ao norte das Linhas de Torres Vedras, desde Outubro de 1810 até Março de 1811. Mal se imagina hoje o estado a que ficaram reduzidos estes povos”.

Desde 26/09/1895 até 13/01/1898, pela extinção do concelho de Cadaval, a freguesia de Vilar esteve anexada ao de Alenquer, voltando novamente ao primeiro, aquando da sua restauração. Nos anos trinta, foram incorporadas na freguesia de Vilar as aldeias de Avenal e Rechaldeira.

94 Oeste (94,2 FM)

Loading


Alcobaça   Alenquer   Arruda dos Vinhos   Batalha   Bombarral   Caldas da Rainha   Lourinhã   Leiria   Mafra   Nazaré   Óbidos   Peniche   Sobral   Torres Vedras